Casa do Yakisoba

  Dia Mês Ano  
Horóscopo Chinês
Twitter Facebook Youtube
abr 24, 2014
yakisoba

Hoje é o Dia do Samurai!

Para comemorar o Dia do Samurai queremos falar um pouco sobre uma arte marcial* que era praticada por esses guerreiros e que permanece viva até hoje.

Os samurais estavam sempre em busca de disciplina física e mental, assim desde criança, praticavam atividades para desenvolver esse equilíbrio. A partir dos sete anos eles aprendiam a manusear armas de madeira e com doze já estavam prontos para lutar.

O Ju-jitsu ou Jiu-jitsu (Arte suave) surgiu na Índia, mas foi (e ainda é) praticado em peso no Japão. Há mais de dois milênios atrás, os monges monastérios indianos eram proibidos de usar armas para se defender devido a sua religião, porém durante suas caminhadas, eram sempre atacados por povos mongóis. Surgiu assim a necessidade de se defender. A solução foi criar uma luta na qual os pontos vitais do oponente fossem atingidos. Essa arte marcial se difundiu no continente asiático e ficou conhecida, chegando até a China e depois aos Samurais e nobres japoneses.

Ao longo do tempo vários estilos de Jiu-jitsu foram criados, chegando a existir 700 variações da luta corpo-a-corpo, que posteriormente deram origem ao Judo, Karate e Aikido.

Por incrível que pareça, o Jiu-jitsu chegou a ser proibido no Japão e foi até considerado como um crime. Além disso, entre o período que o imperador Mutsu Hito (1867 – 1912) governou o país, todas as artes marciais foram esquecidas, pois a sua intenção era introduzir a cultura do Ocidente no Japão. Felizmente, após um período, quando o ocidente começou a valorizar esse tipo de luta, elas voltaram a ser praticadas no país.

 

* Para conhecimento: são consideradas artes marciais apenas os antigos estilos de lutas asiáticas.

Deixe um Comentário

Insira o código ao lado: